Entendendo o e-commerce: Segurança no e-commerce

Entendendo o e-commerce: Segurança no e-commerce

Você se sente seguro ao fazer uma compra pela internet? O comércio eletrônico avançou muito nos últimos anos e é um setor que tende a avançar ainda mais no futuro. Entretanto, um dos empecilhos que atrapalham o crescimento é a questão da segurança no e-commerce, um receio que muitos ainda têm.

Essa postura é recorrente porque existem muitos hackers que conseguem rastrear as informações digitadas em determinados sites. Para evitar que isso aconteça, a solução para não perder vendas é garantir a segurança do seu e-commerce.

Por que se preocupar com a segurança no e-commerce?

Cada vez mais, as fraudes eletrônicas representam uma grande ameaça ao consumidor que faz transações on-line. Isso porque, infelizmente, existem oportunistas à espera de falhas nos sistemas de transação, prontos para roubar dados dos clientes.

E esse receio fica ainda mais consistente porque não há necessidade de portar documentos físicos para realizar um pagamento on-line, ou seja, só com a confirmação de dados pessoais e financeiros qualquer pessoa pode efetuar uma compra no seu nome na internet.

Quando isso acontece, os problemas causados não se limitam apenas ao cliente que foi lesado, mas também traz inúmeros prejuízos para o e-commerce.

Alguns “malwares” (programas maliciosos) conseguem se infiltrar no servidor da loja virtual e acessar o banco de dados, além de conseguir modificar layout, informações (como preços, estoque e login) e roubar os dados financeiros e pessoais dos clientes.

Então, é preciso ter segurança tanto nas transações e no gerenciamento interno do site quanto nos dados dos clientes, passando credibilidade para conseguir alcançar novos consumidores.

Tenha um certificado digital

Todo negócio on-line que tenha dados de consumidores deve ter certificados digitais e selos de segurança para garantir a proteção dessas informações. Eles são a garantia de que as mensagens enviadas entre cliente e empresa ou vice-versa serão criptografadas e só poderão se descriptografar quando chegar ao destinatário. Ou seja, mesmo que interceptada, não será possível ter acesso ao conteúdo.

Mas você sabe como identificar se o ambiente on-line é seguro ao visitar um site? Para ter essa certeza, observe algumas características:

  • Verifique se há a letra “s” no final do endereço do site (precisa estar escrito “https”).
  • Ao clicar no selo de site seguro, veja se há um certificado digital emitido para ele.
  • Verifique a existência de um cadeado fechado na barra de endereço ou na barra inferior do navegador.

A escolha da plataforma é fundamental

A plataforma que vai suportar sua loja virtual também influencia diretamente a segurança no e-commerce. Por isso, procure escolher a que tenha o sistema 100% na nuvem, pois é bem mais seguro.

Algumas lojas virtuais ainda têm parceria com datacenters que oferecem os mais rigorosos padrões internacionais de suporte e segurança, podendo ser acionadas sempre que for observado algo inadequado.

A segurança on-line é um assunto muito sério e, quando bem resolvida e garantida, traz ótimos dividendos ao seu negócio. Por isso, preocupe-se em fazer os investimentos necessários e transmita credibilidade aos clientes.

Aproveite e comente como é feita a gestão de segurança do seu negócio. Conte suas experiências e estude a possibilidade de ter uma consultoria para e-commerce.


O meu planejamento é formar a empresa de marketing digital mais respeitada da Internet, que irá mudar a forma como as pessoas falam, escutam e compartilham online. A sua satisfação é a minha maior conquista. Mudar a forma como o seu produto chega as pessoas e principalmente aumentar as suas vendas, é o meu compromisso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Themetf